Cuidado com serviços de coach e consultoria

Consultoria é coisa muito séria e com a febre de consultores e coachs atuando no mercado é preciso ficar atendo as armadilhas. Apesar das maças podres do cesto, uma boa empresa de consultoria pode ajudar o seu negócio a ganhar tração e para te ajudar a escapar de alguma cilada preparamos alguns tópicos para ajuda-lo a escolher melhor os sua consultoria.

7 dicas para se proteger de charlatões

1 > Consultoria custa caro, mas não do jeito que você pensa

O que queremos dizer com isso? Alguém que detém o segredo do sucesso e da riqueza não revelaria algo tão preciso gratuitamente, ainda mais se considerarmos que o ganha pão desta pessoa é justamente a entrega da chave do cofre.

Fuja de consultores que sabem como resolver todos os seus problemas de uma só vez. Afinal de contas, você com todo o conhecimento do seu negócio esta enfrentando dificuldades para solucionar determinada questões. Imagine alguém que literalmente do nada chegou colocando o pé na porta?

2 > Diagnóstico

Consultores experientes, dedicam bastante tempo avaliando a empresa como um todo. Muitas vezes o problema não esta no setor imaginado. Portanto é de suma importância que este profissional ouça todos os nós da sua empresa.

Corra de especialistas que “entendem” o seu negócio e todos os gargalos que você enfrenta de primeira, sem antes realizar todo o cenário interno e externo. Afinal uma crise interna pode acontecer devido a influencia de fatores externos, como bolhas mercadológicas e afins.

3 > Informações e duras verdades

Bons vendedores utilizam de gráficos, números percentuais e pesquisas para comparar um serviço ao outro. Nada de errado com isso. São muitas as fontes de dados atualmente é importante entender cada pesquisa e principalmente a tabulação dos resultados.

Exemplo: Uma pesquisa pode dizer que um determinado Shopping faturou menos no último semestre. Um profissional pode exibir esta pesquisa como uma premissa para um esforço maior de comunicação. Porém quando olhamos de perto, notamos um detalhe, no mesmo período o faturamento obtido com o estacionamento foi retirado da pesquisa em questão e direcionado a uma pesquisa própria. Bingo! As vendas não caíram, apenas os dados estão sendo tratados de outra maneira.

Um ponto importante é que com excessão dos números do mercado e os números da sua empresa, outros dados podem parecer menos atraentes. Comparar os números da sua empresa com os números da empresa do vizinho é uma tremenda cilada. São muitas as variáveis que devem ser aplicadas, tempo de mercado, modalidade de investimentos e custos de aquisição são algumas delas.

Empresas de consultoria especializada costumam realizar testes pessimitas. Sim, testes pessimistas. Estes testes realizados no seu próprio negócio e na maioria das vezes as respostas não costumam ser as que você quer ouvir.

4 > Antes de contratar

Faça uma auto-analise, pergunte a si mesmo: “Qual é a relevância de um consultor no momento que a minha empresa atravessa”. Abrir os ouvidos para os funcionários garante a detecção de vários problemas internos.

Conversas de corredor são valiosas. Tente entender e mensuarar de cabeça aberta as conversas que acontecem entre os funcionários. Só faça isso se de fato estiver aberto a duras criticas.

Entenda que ninguém arriscará o pescoço criticando o chefe. Portanto tente captar o “clima” do ambiente de trabalho.

5 > Você sabe com quem esta falando?

É pratica comum no mercado principalmente entre os mais vaidosos e menos profissionais, criticar em excesso o possível cliente. De alguma maneira isso vende, não sabemos a razão pela qual as pessoas compram este tipo atendimento. Mas se a sua empresa é problemática a tal ponto, talvez seja melhor jogar moedas no poço a espera de um milagre ou baixar as portas para reduzir o dano.

Procure saber o background do seu consultor. Para quem ele trabalhou, o que ele proporcionou de ganho. É uma empresa? Qual é o tempo de mercado? Quais marcas confiaram neste cara ou ele é só alguém com muitos seguidores.

6 > Saiba onde quer chegar

A parte complexa ao contratar uma empresa de consultoria é que em alguns casos o contratante não possui um ideia clara do que é o seu negócio ou possui um visão múltipla de objetivos. Quando é este o cenário o “coach” (não resisti) se aproveita da quantidade objetivos e cria planos para cobrir todos.

Alguns objetivos anulam os outros, é como dizer: “Quero igualdade e liberdade na minha empresa.” Parafraseando Yuval Harari em sua obra – Sapiens.

Para sua empresa ter igualdade, todos devem os mesmos direitos e salários. Alguns funcionários teriam que abrir mão dos seus altos salários voluntariamente, além de horários flexíveis para que outros gozassem do mesmo direito. Sendo assim a liberdade de optar por não abrir mão de uma parte do seu salário para um bem maior é anulada.

É muito importante que o objetivo da sua empresa esteja definido.

Exemplo: Nossa empresa é uma empresa de seguros de alto valor agregado.

Neste caso já podemos dizer que esta empresa não concorre no mar vermelho das pequenas seguradoras. É um direcionamento para o profissional que ira atende-lo.

Dica! Bons profissionais não dizem para onde você deve ir. Perguntam, onde você quer chegar.

7 > Valorize o seu time

O chão de fábrica e a diretoria possuem pontos de vista diferentes sobre a empresa, dai a importância de conquistar o público interno. Certamente você já ouviu alguém falando sobre a empresa em que trabalha apontando diversas falhas. Muitas destas informações estão relacionadas a insatisfações relacionais. No entanto é possível extrair dai problemas reais, que somente quem esta no front pode perceber.

Alguns setores possuem um planejamento a médio e longo prazo, é preciso controlar a ansiedade por resultados e trilhar o caminho proposto.

8 > Conclusão

A consultoria é algo importante e valioso. E uma boa empresa ou profissional deste segmento sempre trará diversas questões para o seu negócio. O diagnostico é uma fase importante do trabalho de consultoria, sem um diagnostico tudo será mera suposição. Números e pesquisas são tão importantes quanto a origem destes dados.

Confie no seu time e no seu plano. Um bom consultor pode te ajudar a atingir estas metas e remover alguns obstáculos.

Compartilhe:

On Key

Conteúdo relacionado

O que é SKU?

Uma unidade de manutenção de estoque (SKU) é um código de barras digitalizável, mais frequentemente visto impresso em etiquetas de produtos em uma loja de varejo. A etiqueta permite que os fornecedores rastreiem automaticamente o movimento do estoque.

Continuar lendo »

O que é HUD?

Em jogos eletrônicos, o HUD é parte fundamental da experiencia através da qual o jogador é capaz de ver informações do seu avatar e se orientar no mapa.

Continuar lendo »

Video game é arte?

Este é um dos argumentos mais fortes sobre o questionamento sobre o status de arte dos games. Um quadro pintado por Salvador Dali certamente permite muitas interpretações e experiências visuais bem como seus filmes.

Continuar lendo »

Automação de vendas

Automação de vendas como o próprio nome diz é a automação de tarefas manuais e repetitivas por meio de web services ou similar. Através de uma inteligência artificial são criadas rotinas que ajudam no gerenciamento dos setores comerciais por meio de uma agenda pré definida.

Continuar lendo »

Sandman Série TV

Gaiman foi capaz de materializar substantivos como sonho, pesadelo, desespero entre outros em carne e osso como entidades que caminham e interagem com os humanos. A série é repleta de analises e diálogos profundos sobre a existência, auto importância e poder.

Continuar lendo »