O que é uma unidade de manutenção de estoque (SKU)?

Uma unidade de manutenção de estoque (SKU) é um código de barras digitalizável, mais frequentemente visto impresso em etiquetas de produtos em uma loja de varejo. A etiqueta permite que os fornecedores rastreiem automaticamente o movimento do estoque. O SKU é composto por uma combinação alfanumérica de cerca de oito caracteres. Os caracteres compõem um código que rastreia o preço, detalhes do produto, fabricante e ponto de venda.

Os SKUs também podem ser aplicados a serviços, por exemplo como horas de manutenção de um carro em uma oficina.

Caracteristicas

  • Uma unidade de manutenção de estoque (SKU) é um código digitalizável para ajudar os fornecedores a rastrear automaticamente o movimento do estoque;
  • Os SKUs geralmente aparecem como códigos de barras ou códigos QR;
  • Cada item, juntamente com o local onde é vendido, terá seu próprio SKU exclusivo (mas não deve ser confundido com códigos de barras UPC);
  • Os SKUs ajudam os fornecedores a determinar quais produtos precisam ser reordenados e fornecem dados de vendas;
  • Os SKUs também são usados ​​para serviços e garantias;

Mais sobre SKUs

Os SKUs são usados por lojas, catálogos, fornecedores de comércio eletrônico, prestadores de serviços, depósitos e centros de atendimento de produtos para rastrear os níveis de estoque. SKUs escaneáveis e um sistema POS significam que é fácil para os gerentes determinarem quais produtos precisam ser reabastecidos. Quando um cliente compra um item no ponto de venda (POS), o SKU é digitalizado e o sistema POS remove automaticamente o item do estoque, além de registrar outros dados, como o preço de venda.

Os SKUs não devem ser confundidos com números de serie, embora as empresas possam incorporar números de serie aos SKUs.

Empresas criam SKUs exclusivos para seus produtos e serviços. Por exemplo, uma loja que vende sapatos cria SKUs internos que mostram os detalhes de um produto, como cor, tamanho, estilo, preço, fabricante e marca. Por exemplo, o SKU para botas Timberland modelo Outdoor, tamanho 39, pode ser “TBR-BB-OUT-39”.

 Ao adicionar SKUs a cada produto, os lojistas podem rastrear facilmente a quantidade de produtos disponíveis. Os proprietários podem criar limites para avisá-los quando novos pedidos de compra devem ser feitos.

Por que os SKUs são importantes?

Os SKUs permitem que os compradores comparem as características de itens semelhantes. Por exemplo, quando um comprador compra um determinado produto, os varejistas on-line podem exibir produtos semelhantes comprados por outros clientes com base nas informações de SKU. Esse método pode desencadear compras adicionais por parte do cliente, aumentando assim a receita de uma empresa.

Os SKUs também permitem a coleta de dados sobre vendas. Por exemplo, uma loja pode ver quais itens estão vendendo bem ou não nos SKUs digitalizados e nos dados do PDV.

Diferença entre SKU e UPC

Como as empresas criam internamente SKUs para rastrear o estoque, as SKUs para produtos idênticos variam entre as empresas. Diferentes SKUs ajudam os varejistas a projetar campanhas publicitárias sem interferência de outros fornecedores.

Por exemplo, se uma empresa fornecer o SKU para anunciar um determinado refrigerador com desconto, os compradores não poderão visualizar facilmente o mesmo refrigerador em outros vendedores com base apenas no SKU. Isso impede os concorrentes de igualar os preços anunciados e roubar clientes. Por outro lado, os códigos de produtos universais (UPCs) são idênticos, independentemente de qual empresa esteja vendendo os itens.

SKUs e o comércio

Os SKUs estão tornando a experiência de compra mais eficiente do que nunca. Por exemplo, ao fazer compras de sapatos no passado, os balconistas teriam que vasculhar visualmente o estoque e procurar um modelo específico de sapatos no tamanho e cor corretos. Hoje, muitos varejistas estão equipados com scanners portáteis que permitem que os vendedores verifiquem o estoque da loja simplesmente digitalizando a etiqueta de um produto similar. Além disso, a logística de compras online é bastante aprimorada e aprimorada por meio de SKUs principalmente para empresas focadas em marketplaces.

Diferença entre código de barras é SKU

Embora os SKUs sejam frequentemente descritos como códigos de barras, eles nem sempre são usados ​​para os mesmos fins. Os códigos de barras nos produtos de uma loja (conhecidos como UPCs), por exemplo, servem para identificar produtos do mesmo tipo, independentemente de onde são vendidos. Os SKUs, por outro lado, também identificarão exclusivamente o vendedor ou fornecedor.

Como posso obter SKU dos meu produtos?

Os números de SKU normalmente aparecem em um produto junto com seu código de barras UPC. Como os números de SKU são destinados ao produtor para acompanhar os itens, eles não são padronizados universalmente – são específicos da empresa. Isso significa que você pode criar qualquer sistema de SKU que atenda às suas necessidades para seus produtos.

Normalmente, é necessário criar um sistema que mantenha uma lógica consistente, começando com identificadores de nível hierárquico seguidos por códigos mais exclusivos de produtos e fornecedores específicos.

Por que devo adicionar códigos SKU aos meus produtos?

Ter um código SKU permite rastrear produtos e vendas com mais facilidade. Isso ajuda no gerenciamento de estoque e da cadeia de suprimentos. Com um SKU, é menos provável que o item errado seja enviado aos clientes e também auxilia nas devoluções, se necessário.

Compartilhe:

On Key

Conteúdo relacionado

O que é SKU?

Uma unidade de manutenção de estoque (SKU) é um código de barras digitalizável, mais frequentemente visto impresso em etiquetas de produtos em uma loja de varejo. A etiqueta permite que os fornecedores rastreiem automaticamente o movimento do estoque.

Continuar lendo »

O que é HUD?

Em jogos eletrônicos, o HUD é parte fundamental da experiencia através da qual o jogador é capaz de ver informações do seu avatar e se orientar no mapa.

Continuar lendo »

Video game é arte?

Este é um dos argumentos mais fortes sobre o questionamento sobre o status de arte dos games. Um quadro pintado por Salvador Dali certamente permite muitas interpretações e experiências visuais bem como seus filmes.

Continuar lendo »

Automação de vendas

Automação de vendas como o próprio nome diz é a automação de tarefas manuais e repetitivas por meio de web services ou similar. Através de uma inteligência artificial são criadas rotinas que ajudam no gerenciamento dos setores comerciais por meio de uma agenda pré definida.

Continuar lendo »

Sandman Série TV

Gaiman foi capaz de materializar substantivos como sonho, pesadelo, desespero entre outros em carne e osso como entidades que caminham e interagem com os humanos. A série é repleta de analises e diálogos profundos sobre a existência, auto importância e poder.

Continuar lendo »