Diferença entre taxonomías, categorias e tags

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
5/5

Tags e categorias nos ajudam a estruturar nosso conteúdo. Geralmente, você pode encontrá-los nos metadados, por exemplo, postagens de um blog ou em forma de menu na barra lateral de um site. As tags são bem diferentes das categorias, mas muitos usuários ainda confundem. Na maioria dos casos, isso não importa para o usuário final. Exemplo, no WordPress, existem alguns benefícios em usar categorias para certas segmentações e tags para outras.

Vamos explicar a diferença entre tags e categorias.

Taxonomias de WordPress

WordPress usa taxonomias para agrupamento de conteúdo. Por padrão dentro do CMS as mais comuns são categorias e tags, sendo possível criar uma taxonomia personalizada, chamada comumente de tipo de post.

Podemos dizer que a taxonomia é uma especie de “diretório”. Isso indica alguma hierarquia ou estrutura, que geralmente entra em categorias. No WordPress, as categorias podem ser pais ou filhos umas das outras estando assim acima ou abaixo de uma árvore de construção.

Freqüentemente, as tags no WordPress não têm essa estrutura e costumam ser usadas de forma aleatória. Se você não controla como adiciona tags às postagens, provavelmente acabará com um grande número excessivo de tags em seu site. A desvantagem disso é que pode criar conteúdo duplicado ou, pelo menos, conteúdo limitado principalmente se pensarmos no resultado da SERP.

Qual é a diferença entre tags e categorias?

As categorias permitem que você agrupe amplamente os tópicos de postagem, enquanto as tags são usadas para descrever sua postagem com mais detalhes.

Demos usar categorias para agrupar o conteúdo do site em segmentos globais. Em nosso blog, esses segmentos são, por exemplo, Inbound, Cinema, Tecnologia e Games. Ao manter um conjunto limitado de categorias, você pode manter seu site e seu conteúdo focados. Para dissecar o conteúdo ainda mais, e criar agrupamentos mais específicos, você deve usar tags.

O fato de que as categorias podem ser hierárquicas significa que há um pouco mais de estrutura de conteúdo a ser criada. Você pode ter um grupo de postagens sob árvores de categoria. O que não pode ser feito com as tags, pois as tags não estão relacionadas com as características da árvore.

Defina pelo menos uma categoria para cada post

Há mais uma diferença entre tags e categorias no WordPress: você precisa adicionar pelo menos uma categoria a uma postagem. Se você esquecer de fazer isso, a postagem será adicionada à categoria padrão, “Sem categoria”, a menos que você defina uma categoria padrão no WordPress em Configurações> Escrita.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
On Key

Conteúdo relacionado

EAD melhores ferramentas

Atualmente as escolas que oferecem ensino a distância se tornaram um febre e um modelo de negócio promissor que atrai os olhos dos mais diversos investidores e empresários. Pode ser desafiador implementar varias soluções para o ambiente virtual de aprendizagem, web site e sistemas de vendas e e-mail marketing.

Continuar lendo »

Contas e-mail no Direct Admin

Direct admin é um painel de controle de hospedagem na web baseado em Linux que fornece varias funções de automação em uma interface fácil e direta, permitindo a gestão da sua hospedagem web por meio de ferramentas de gestão de arquivos, bancos de dados, e-mails entre outras.

Continuar lendo »

Vantagens do código aberto

É o software/ferramenta de código aberto que qualquer pessoa pode inspecionar, modificar e aprimorar. “Código-fonte” é a parte do software que a maioria dos usuários de computador nunca vê; é o código que os programadores de computador manipulam para dar instruções as aplicações.

Continuar lendo »